Bem-estar

O que é saudabilidade? Conheça a definição

Saudabilidade é uma palavra que vem crescendo muito nos últimos tempos (e acreditamos que veio para ficar). Ela é muito associada à nutrição. Mas ultimamente temos visto diversos nutricionistas com uma abordagem mais integral que incluem o corpo, a mente e a alma.

A nutrição está muito forte em relação a ter produtos naturais, in natura, sem conservantes que possam ajudar as pessoas a se sentirem melhores. Porém não é apenas o que comemos que importa. Nós somos o que comemos, mas também o que pensamos. Grandes tendências como trabalhar de casa, vegetarianismo, esporte e meditação estão super em voga.

Essa maior preocupação com a saúde é um movimento constante e que cresce a cada dia. A perspectiva é que ele se mantenha forte, já que é real a possibilidade de comer bem e de maneira saudável. O nível de informação ao público aumentou, e isso trouxe também mais consciência acerca de hábitos alimentares.

Os hábitos de consumo têm apontado para essa direção, com um nível de exigência mais alto por parte dos consumidores. Há alguns fatores que influenciam diretamente essa mudança de pensamento do público, como a proposta de estilo de vida fitness.

Qualidade do que é saudável. – “Dicionário Priberam da Língua Portuguesa”

Ele preza por um estilo de vida saudável, com foco no corpo. Para estar em forma, é natural a prática de uma alimentação adequada. Isso gera um nicho de consumidores que praticam a saudabilidade no seu cotidiano.

Obesidade é um fator de influência

Outro ponto importante é o aumento assustador da população obesa no Brasil. Cerca de 20% dos brasileiros já alcançaram esse perigoso patamar, o que também resulta na busca pela mudança dos hábitos alimentares. Atender a esse mercado é extremamente vantajoso, mas requer esforços no que diz respeito ao marketing de alimentos.

Aumento da população idosa está em pauta

Chegar bem à terceira idade depende de todos os hábitos saudáveis cultivados desde já. O Brasil tem uma perspectiva de ser o 6º país com maior população de idosos até 2025, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O acesso cada vez maior à informação e a dados como esse são fatores que ajudam na conscientização.

Nesse contexto, mais pessoas estão preocupadas em ter uma velhice saudável. A alimentação é parte determinante disso, o que reforça a importância de pensar na saudabilidade.

Thiago Ferreira

Adicionar comentário

Comentar